Atualizações Tecnológicas

O papel da acessibilidade no desenvolvimento de aplicativos e web

Índice ocultar 1 O que você quer dizer com acessibilidade de aplicativos móveis? 1.1 Para garantir que seu aplicativo móvel atenda à acessibilidade...

Escrito por Niel Patel · 4 min read >
Você precisa de um aquecimento por e-mail

Durante décadas, uma parte significativa da população global abraçou cada vez mais o mundo digital, fazendo a transição das primeiras plataformas como o Gmail para a realidade atual de smartphones poderosos e interligados nos nossos bolsos. Com a expansão dos recursos e serviços online nos últimos anos, os indivíduos aderiram ainda mais a esta tendência. Na verdade, muitos serviços essenciais dão agora prioridade à acessibilidade online, levando os utilizadores a visitar websites ou a utilizar aplicações móveis, proporcionando muitas vezes benefícios adicionais para os utilizadores online.

No entanto, o acesso a estes websites e aplicações nem sempre é fácil ou viável para um segmento considerável da população. Infelizmente, essas barreiras de usabilidade muitas vezes passam despercebidas pela maioria das pessoas. Como construtores do mundo digital interligado do futuro, devemos reconhecer a necessidade contínua e premente de acessibilidade na Web nas ferramentas que criamos. Esta ideia está a ganhar reconhecimento entre a liderança corporativa à medida que mais empresas online compreendem o impacto da acessibilidade (ou a falta dela) nos seus clientes e na sua base de clientes potenciais.

Um aspecto fundamental desta compreensão é o entendimento de que aplicações web acessíveis são vitais não apenas para indivíduos com deficiência, mas também para todos os usuários da Internet. Consequentemente, priorizar a acessibilidade tornou-se um passo inicial indispensável em qualquer projeto de desenvolvimento de produto ou aplicativo online. Continue lendo abaixo para descobrir o que é acessibilidade na web e porque é importante.

O que você quer dizer com acessibilidade de aplicativos móveis?

A acessibilidade móvel abrange um conjunto de práticas estabelecidas que visam melhorar a funcionalidade de aplicativos para indivíduos com diversas deficiências. Ao dar prioridade à acessibilidade, você pode garantir que seu aplicativo alcance um público amplo e reduzir o risco de problemas jurídicos relacionados à acessibilidade. Além disso, priorizar a acessibilidade oferece economia de custos a longo prazo e maior retenção de usuários, entre vários outros benefícios.

Para garantir que seu aplicativo móvel atenda aos padrões de acessibilidade, são seguidas diretrizes específicas, incluindo:

  • Perceptível: Os componentes e informações da interface do usuário devem ser apresentados de uma maneira que os usuários possam perceber.
  • Operável: Os usuários devem ser capazes de navegar e interagir com a interface do usuário do aplicativo de maneira eficaz.
  • Compreensível: Os usuários devem ser capazes de compreender como usar a interface do usuário e as informações fornecidas.
  • Robusto: O conteúdo do aplicativo deve ser robusto o suficiente para ser interpretado com precisão por tecnologias assistivas e agentes de usuário.

O que é acessibilidade na web?

Acessibilidade digital, também conhecida como acessibilidade na web, refere-se à capacidade de um aplicativo, software ou site ser facilmente acessado e usado por indivíduos com deficiência que afetam sua audição, visão, cognição, funções motoras, etc. ferramentas baseadas em tecnologia, tanto de hardware quanto de software, foram desenvolvidas para facilitar a navegação e a interação com o conteúdo do site.

Estas ferramentas de tecnologia assistiva têm um propósito semelhante ao dos animais de serviço, pois ajudam os indivíduos a interagir e navegar num ambiente que apresenta desafios devido às suas deficiências. Sem o software necessário, os indivíduos enfrentam maiores dificuldades e barreiras que os impedem de utilizar o espaço. 

Importância da acessibilidade no desenvolvimento de aplicativos e web 

No domínio do desenvolvimento de aplicativos e web, o conceito de acessibilidade gira em torno da criação e construção de produtos digitais que sejam utilizáveis ​​e acessíveis a indivíduos de todas as habilidades, incluindo aqueles com deficiências ou deficiências. Isto implica ter em conta e incorporar características, funcionalidades e elementos de design que promovam a igualdade de acesso, usabilidade e inclusão para todos.

A importância da acessibilidade no desenvolvimento de aplicativos e web nunca pode ser enfatizada o suficiente. Abaixo estão várias razões fundamentais pelas quais ele tem imensa importância:

  1. Inclusão e igualdade de oportunidades: A acessibilidade garante igualdade de acesso e oportunidades para pessoas com deficiência, permitindo-lhes participar plenamente no mundo digital e beneficiar das informações, serviços e oportunidades oferecidas pelas plataformas digitais. Ao remover barreiras, a acessibilidade promove a inclusão, garantindo que pessoas de todas as capacidades possam participar no mundo digital sem limitações.
  2. Obrigações Legais e Responsabilidades Éticas: Vários países implementaram legislação e regulamentos que exigem acessibilidade para produtos digitais. Nos Estados Unidos, a Lei dos Americanos Portadores de Deficiência (ADA) e a Acessibilidade de conteúdo da web Diretrizes (WCAG) estabelecem padrões de acessibilidade. Ao cumprir estes requisitos, os desenvolvedores cumprem as suas obrigações legais e defendem os princípios éticos de justiça e responsabilidade social.
  3. Maior alcance de usuários: Ao dar importância à acessibilidade, os desenvolvedores podem expandir sua base de usuários. A Organização Mundial da Saúde estima que mais de mil milhões de pessoas em todo o mundo vivem com alguma forma de deficiência. Ao garantir a acessibilidade de aplicações e websites, as empresas podem atender a este grupo demográfico substancial, ampliando assim a sua base de clientes potenciais.
  4. Experiência aprimorada do usuário: Os recursos de acessibilidade contribuem frequentemente para uma melhor experiência do usuário, beneficiando não apenas indivíduos com deficiência, mas também uma gama mais ampla de usuários. Por exemplo, legendas e transcrições de vídeos podem ser valiosas em ambientes barulhentos ou para usuários que preferem consumir conteúdo sem som. Ao levar em conta a acessibilidade, os desenvolvedores muitas vezes melhoram a usabilidade, fornecem uma navegação clara e entregam conteúdo bem estruturado, tornando o produto mais fácil de usar para todos os indivíduos.
  5. Vantagens de SEO: Otimização de motor de busca (SEO) aumenta a visibilidade e a descoberta. Inúmeras práticas de acessibilidade, como a incorporação de texto alternativo para imagens, a utilização de textos de links descritivos e a estruturação adequada do conteúdo, alinham-se com Melhores práticas de SEO. Ao implementar recursos de acessibilidade, os sites podem melhorar as classificações de pesquisa e atrair tráfego orgânico.
  6. Imagem de marca e fidelidade do cliente: Mostrar dedicação à acessibilidade pode reforçar a imagem da marca de uma empresa e cultivar a fidelidade do cliente. Quando os utilizadores percecionam uma marca como inclusiva e atenta às diversas necessidades, estão mais inclinados a confiar e a permanecer leais a essa marca, mesmo quando comparada com os seus concorrentes.
  7. À prova de futuro: Dar prioridade à acessibilidade durante a fase de desenvolvimento protege os seus produtos digitais para o futuro. À medida que a tecnologia avança, novos dispositivos, plataformas e tecnologias assistivas continuam a surgir. Ao incorporar a acessibilidade desde o início, você pode se adaptar de forma mais integrada a esses avanços, garantindo que seu aplicativo ou site permaneça acessível e totalmente funcional em vários ambientes.

Como melhorar a acessibilidade na Web? 

Como parte integrante da experiência do usuário, um desenvolvedor pode melhorar a acessibilidade da web e de aplicativos incorporando certos princípios durante a construção ou redesenho do site. Esta abordagem garante que as pessoas com deficiência possam aceder a websites com a ajuda de tecnologias de apoio.

  1. O design deve atender a pessoas com diversas habilidades e ser comercializável para todos os usuários.
  2. O design deve acomodar uma ampla gama de habilidades e preferências.
  3. O design deve ser simples de entender, independente da especialização, experiência, capacidade linguística ou grau de atenção da pessoa.
  4. Independentemente do ambiente envolvente e das capacidades sensoriais do utilizador, o design deve transmitir informações cruciais aos consumidores.
  5. O projeto deve minimizar os riscos e as consequências negativas de ações não intencionais ou acidentais.
  6. O design deve ter a capacidade de ser usado de forma eficiente, confortável e sem esforço.
  7. O design deve permitir que os usuários abordem, acessem, manuseiem e utilizem o conteúdo em um tamanho e área aceitáveis, independentemente da posição, tamanho ou mobilidade do corpo.

Além disso, as equipes de desenvolvimento podem aderir às diretrizes para garantir que pessoas com diversas deficiências possam acessar e utilizar seus sites, aplicativos e outros ativos digitais.

Nota final

No desenvolvimento de aplicativos e na web, a acessibilidade é uma obrigação legal e ética e um caminho para a criação de experiências inclusivas e fáceis de usar que atendem a um público mais amplo. Ao abraçar a acessibilidade, os desenvolvedores têm o poder de fazer uma diferença positiva, melhorar os seus produtos e contribuir para a criação de um mundo mais inclusivo. paisagem digital.

Deixe um comentário

Translate »