O negócio

Tudo sobre o organograma do restaurante explicado

Aqui está um exemplo de organograma de um pequeno restaurante:

Escrito por Niel Patel · 6 min read >
organograma do restaurante

Um organograma de restaurante é um guia para a estrutura de uma empresa. Ele mostra como os funcionários estão organizados e onde trabalham e ajuda os gerentes a acompanhar as agendas de seus funcionários. Neste artigo, você examinará uma estrutura comum de organograma de restaurante e explicará o que os torna eficazes ferramentas para comunicar com os trabalhadores do seu restaurante. Mas primeiro, vamos saber mais sobre os organogramas. 

Organograma do restaurante - explicado

Conforme mencionado anteriormente, um organograma é um diagrama que mostra a estrutura de uma organização. Ele retrata as relações entre cargos e títulos, mostrando quem se reporta a quem dentro de uma organização. Também retrata linhas de autoridade e responsabilidade dentro de um restaurante, bem como quaisquer outros recursos, como estruturas de relatórios ou títulos específicos de uma determinada empresa ou setor.

Aqui está um exemplo de organograma de um pequeno restaurante:

Here is an example of a small restaurant organizational chart:

Owner
|
General Manager
|
Assistant Manager
|
Head Chef
|
Sous Chef
|
Kitchen Staff

Waitstaff
|
Host/Hostess
|
Bartenders
|
Bussers

Em um pequeno restaurante, o proprietário pode estar fortemente envolvido nas operações diárias, e o gerente geral também pode ter um papel mais prático no gerenciamento da equipe e das operações. O chefe de cozinha também pode ser responsável por gerenciar o pessoal da cozinha e pode haver menos níveis de gerenciamento. É importante observar que este é apenas um exemplo de organograma de um pequeno restaurante, e as funções e responsabilidades específicas podem variar dependendo das necessidades do restaurante.

Uma estrutura organizacional de um restaurante pode incluir os seguintes cargos:

#PosiçãoResponsabilidades
1 ProprietárioResponsável pelas operações gerais e tomada de decisões do restaurante.
2 Directora GeralResponsável por gerenciar as operações diárias do restaurante, incluindo pessoal, gerenciamento de estoque e desempenho financeiro.
3 Assistant ManagerResponsável por apoiar o gerente geral e gerenciar equipe, incluindo agendamento e treinamento.
4 Chef de cozinhaResponsável pela gestão da cozinha e criação de menus.
5 Sous ChefResponsável por auxiliar o chefe de cozinha e administrar a cozinha em sua ausência.
6 Pessoal da cozinhaResponsável por preparar e cozinhar alimentos, bem como manter a limpeza da cozinha.
7 GarçonsResponsável por servir comida, receber pedidos e cuidar do atendimento ao cliente.
8 Anfitrião anfitriãResponsável por receber clientes e gerenciar assentos.
9 BartendersResponsável por preparar e servir bebidas alcoólicas.
10 ÔnibusResponsável por limpar e redefinir tabelas.
Estrutura organizacional do restaurante

Tipos de organograma de restaurante

O tipo mais comum de organograma é o vertical, que mostra todos os funcionários em ordem crescente. Esta é a forma mais popular de organizar a equipe de um restaurante porque oferece uma maneira fácil de identificar quais funcionários são supervisores e gerentes. Junto com os organogramas da organização, o restaurante também trabalha em organogramas horizontais. Horizontal é um pouco mais típico do que gráficos verticais.   

O organograma horizontal funciona assim: cada colaborador tem uma função específica designada em sua equipe. Em seguida, eles são listados junto com o cargo e as funções de trabalho no nível superior da lista (por exemplo, “Food Runner”). Você verá que existem duas colunas: uma para cada linha de coluna, portanto, ao falar sobre as responsabilidades do Food Runner como parte de sua equipe na estrutura geral da organização do restaurante, você verá ambas na coluna Food Runner.

Finalmente, há outro tipo chamado matriz ou equipe multifuncional, onde todos trabalham juntos em vários departamentos dentro de um restaurante. No entanto, esses gráficos são menos seguidos do que os gráficos verticais e horizontais. 

Exemplos de organograma de restaurante

Um organograma de restaurante pode seguir essa hierarquia. O guia examinará cada componente hierárquico, um por um, para que você possa entendê-los claramente. 

Gestão Executiva

Primeiro vem a gestão executiva. Essa gestão permanece no topo da hierarquia.

CEO

O CEO é o líder máximo de um restaurante e é responsável pelas operações gerais. Eles geralmente lideram o negócio em todas as fases de crescimento, incluindo a contratação de novos funcionários e o planejamento de projetos futuros.

COO

O COO supervisiona as operações financeiras, orçamento e estratégias de marketing dentro de uma organização. Esta posição pode ser muito importante para ajudar as empresas a ter sucesso, pois determina o bom funcionamento das suas finanças e quanto dinheiro podem gastar em campanhas publicitárias ou outros esforços de marketing para atrair novos clientes para os seus restaurantes. O COO também é responsável por controlar os custos para que fiquem dentro de qualquer limite definido pelos membros da equipe de gestão; caso contrário, essa pessoa poderá perder o emprego se as coisas saírem do controle muito rapidamente!

CFO

Essa pessoa gerencia todos os assuntos financeiros diretamente de volta. Eles acompanham não apenas o que está acontecendo agora, mas também o que aconteceu na semana passada ou no mês passado.

Frente do restaurante 

A frente do restaurante serve comida, bebidas e outros itens aos clientes. É uma equipe que inclui servidores, hosts, bartenders e barbacks.

As posições neste departamento do restaurante

Essas posições são visíveis para os clientes, por isso são responsáveis ​​pela maior parte das interações com os clientes.  

Anfitriões (também chamados de garçons) ou Garçonetes – 

Eles recebem pedidos dos clientes enquanto os clientes jantam no restaurante. Eles interagem com os clientes durante as refeições, verificando suas necessidades e reabastecendo copos de água.

Servidores:

Esta posição exige alguém que saiba lidar bem com grandes grupos, pois pode ficar caótico durante os horários de pico em alguns restaurantes. Em organogramas de pequenos restaurantes, esta posição é opcional. Como nos pequenos restaurantes, os anfitriões e garçons também desempenham o papel de garçons. As vagas precisam de alguém com experiência como auxiliar de garçom e garçom.

Atrás do restaurante

A parte de trás da casa é responsável por preparar e servir a comida. Eles são frequentemente chamados de cozinheiros de linha, funcionários da despensa, cozinheiros de preparação e lava-louças. 

A parte de trás da hierarquia do pessoal do restaurante ou da cozinha é uma parte fundamental de qualquer restaurante. Não só ajuda a organizar os funcionários, mas também os ajuda a desempenhar melhor e com mais eficiência o seu trabalho. Uma boa hierarquia na cozinha garantirá que todos os pedidos sejam organizados na frente do restaurante. A parte de trás do restaurante proporciona tranquilidade ao proprietário ou gerente que supervisiona vários locais.

Vejamos alguns exemplos de como você pode criar sua versão deste sistema, dividindo-o para formar um gráfico de equipe de cozinha bem-sucedido:

Hierarquia de cozinheiro de linha

A hierarquia de cozinheiros de linha é uma estrutura hierárquica de pessoal de cozinha usada em restaurantes e outros estabelecimentos de alimentação. Também garante que a cozinha permaneça devidamente equipada e organizada. Às vezes, eles também trabalham como funcionários de atendimento, como bartenders e garçons.

A hierarquia dos cozinheiros de linha começa com o lavador de pratos, que trabalha sob a orientação de um aprendiz que os treinará até atingirem um nível em que estejam prontos para assumir seus turnos. Quando isso acontece, eles se tornam alguém que sabe como tudo funciona atrás de portas. Mas ainda não está pronto – os cozinheiros e chefs preparativos continuam a hierarquia. Os cozinheiros preparatórios trabalham em estreita colaboração com os chefs em todas as áreas culinárias. Eles podem aprender a garantir que tudo tenha um sabor delicioso antes mesmo de os clientes receberem suas refeições.

Equipe de cozinha para banquetes

A equipe da cozinha de banquetes é responsável pela preparação e entrega dos alimentos nos eventos. O pessoal da cozinha para banquetes pode ser dividido em duas categorias:

  • Gerente de cozinha

Gerencie as atividades diárias da cozinha, dando a todos os funcionários liderança e orientação competentes. O gerente da cozinha também verifica todo o preparo, porcionamento, guarnição e armazenamento dos alimentos enquanto supervisiona os cozinheiros. Gerencie a equipe da cozinha e os cozinheiros, crie novas receitas, cuide dos pedidos e do estoque e cubra o barman.

  • Supervisor de cozinha

Eles ficam de olho no desempenho dos trabalhadores e fornecem feedback para ajudá-los a melhorar. Além disso, eles são responsáveis ​​por definir horários de turnos, contratar novos contratados, treiná-los e monitorar a equipe atual para garantir que cumpram os padrões da empresa. Eles acessam o estado dos equipamentos e fazem pedidos de suprimentos conforme necessário, ao mesmo tempo que ajudam a desenvolver novas receitas e itens de cardápio com gerenciamento que atrairá os clientes.

Chefe executivo

A função principal de um chef executivo em um restaurante é como gerente ou chefe de cozinha. Eles são responsáveis ​​​​por atribuir cozinheiros e demais funcionários da cozinha às diversas tarefas diárias e gerenciar as tarefas administrativas relacionadas ao funcionamento do restaurante.

Organograma de pequenos restaurantes - explicado

A maioria dos restaurantes são pequenas empresas. Portanto, o gráfico acima não é apropriado para demonstrar os pequenos restaurantes como os pequenos restaurantes. Uma pessoa pode assumir a responsabilidade por dois ou mais cargos. Então, vamos dar um exemplo de organograma de um pequeno restaurante. 

Assistência Domiciliária 

  • Proprietário
  • Administrador

Cozinha

  • Chefe de cozinha
  • Chef de cozinha
  • Cozinhar
  • Lava-louças

Frente da casa

  • Novos Negócios
  • Caixa
  • Proprietário
  • Garçom
  • Barista
  • Bar e Bebidas
  • Pessoal de limpeza

Esta é uma das hierarquias comuns vistas nos pequenos restaurantes. Se você deseja abrir um pequeno restaurante, siga este gráfico. Sinta-se à vontade para fazer seus ajustes neste gráfico. Por exemplo, o proprietário às vezes trabalha como gerente e caixa, tornando o início do negócio menos oneroso. Depois que sua empresa estiver estabelecida, contrate alguém para essas posições. 

Benefícios de ter uma estrutura organizacional de restaurante

  • Existem vários casos de uso que podem explicar por que os restaurantes exigem uma estrutura organizacional de alto nível. Reunimos algumas informações que vão te ajudar a ver o valor de um restaurante.
  • O organograma de um restaurante ajuda cada cargo ou departamento a compreender suas responsabilidades e o que é necessário para operar um negócio próspero.
  • Ele fornece aos líderes empresariais a visão crucial de que precisam para tomar decisões importantes para restaurantes ou outras empresas.
  • O diagrama apresenta como o negócio está organizado internamente, incluindo os departamentos, funcionários e conexões com o conselho de administração, gerentes e outros executivos.
Quais são os 4 níveis em uma estrutura organizacional de foodservice?

4 tipos de estruturas organizacionais são estruturas funcionais, multidivisionais, planas e matriciais.

Quais são os 5 elementos-chave da estrutura organizacional?

1. Especialização do trabalho.
2. Departamentação.
3. Cadeia de comando.
4. Amplitude de controle.
5. Centralização/Descentralização.
Formalização.

Conclusão

O setor de restaurantes é exigente, mas ter um sistema organizado de listas de verificação pode ajudá-lo a ficar por dentro de tudo. A principal conclusão desta lista é que existem muitos tipos diferentes de organogramas para restaurantes, e cada um tem seus pontos fortes. Por exemplo, a hierarquia da equipe da cozinha de banquete pode parecer estranha, dada a quantidade de trabalho de preparação do serviço necessário para garantir que tudo corra bem em uma recepção de casamento ou evento corporativo - mas ter esse sistema em funcionamento pode garantir que tudo corra conforme o planejado quando algo inesperado acontece.

Para fazer seu próprio gráfico, você deve aprender sobre os cargos, conexões e departamentos. Colete dados sobre as operações dos diversos departamentos, suas interações entre si, as formas como contribuem para o sucesso e expansão do restaurante ou negócio, etc. Para evitar erros, escreva por escrito e converse com seus superiores. e outros colegas. Isso o ajudará a criar um gráfico mais eficaz para o seu negócio! 

Deixe um comentário

Translate »